Bem Vindo!

Nós somos a Igreja Evangélica Batista de Campina Grande e este é o nosso Blog!
Nesse ciber_espaço estaremos dando informações sobre os Eventos, postando mensagens pastorais, fotos e outras coisas mais.
Estamos muito felizes com a tua visita. Adicione o nosso blog ao seu "favoritos", sempre haverá algo de Deus para você aqui.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

P de Princípios; P de Palavra de Deus

ESTUDANDO A BÍBLIA

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” 2Tm 3.16-17

Paulo César Barros Araújo - Membro da Igreja Evangélica Batista de Campina Grande

Fonte de Pesquisa:

> Bíblia de Estudo Almeida

> www.opaodavida.hpg.com.br


Bíblia é uma palavra de origem grega que significa “livros”, ou seja, não é um livro e sim vários livros juntos, uma biblioteca ambulante de Deus. Livros estes que não se opõem entre si, mas que se complementam. Foram escritos num período de 1.600 anos aproximadamente.

A Bíblia está dividida em duas grandes partes: Antigo Testamento(AT) e Novo Testamento(NT).

Antigo Testamento: Formado por 39 livros escritos originalmente em hebraico e aramaico, antes do nascimento de Jesus Cristo.

Novo Testamento: Formado por 27 livros escritos originalmente em grego, que contam sobre o nascimento e vida de Jesus Cristo; formação e orientação da Igreja Cristã. Além de profecias sobre a volta de Cristo.

OS LIVROS DA BÍBLIA

Antigo Testamento:

Novo Testamento:

Pentateuco:

Gênesis

Êxodo

Levítico

Números

Deuteronômio

Evangelhos:

Mateus

Marcos

Lucas

João

Históricos

Josué

Juízes

Rute

1 Samuel

2 Samuel

1 Reis

2 Reis

1 Crônicas

2 Crônicas

Esdras

Neemias

Ester

Atos

Sapienciais e Poéticos:

Salmos

Provérbios

Eclesiastes

Cântico dos Cânticos

Epístolas (Cartas)

Romanos *

1 Coríntios *

2 Coríntios *

Gálatas *

Efésios *

Filipenses *

Colossenses *

1 Tessalonicenses *

2 Tessalonicenses *

1 Timóteo *

2 Timóteo *

Tito *

Filemom *

Hebreus **

Tiago **

1 Pedro **

2 Pedro **

1 João **

2 João **

3 João **

Judas

* Cartas escritas pelo Apostolo Paulo

** Cartas Universais

Profecia:

Isaías

Jeremias

Lamentações

Ezequiel

Daniel

Oséias

Joel

Amós

Obadias

Jonas

Miquéias

Naum

Habacuque

Ageu

Zacarias

Malaquias

Profecia (Literatura Apocalíptica)

Apocalipse de João

Na Bíblia a palavra Testamento tem o sentido de Aliança.

Toda a Bíblia gira em torno da Aliança que Deus fez com o seu povo.

Aliança é um acordo ou pacto que regulamenta determinadas relações entre duas partes. Toda aliança inclui obrigações e promessas. No AT, se fala de uma primeira aliança feita com Noé depois do dilúvio (Gn 9.9), da aliança feita com Abraão (Gn 17.1-8) e ratificada com Jacó. Finalmente, se fala da aliança feita com todo o povo israelita no Monte Sinai (Êx 19.5). Uma Aliança feita com um sinal visível (Os Dez Mandamentos) gravada na pedra e selada com sangue de animais.

O profeta Jeremias anunciou uma nova aliança (Jr31.31). Essa nova aliança no NT, é feita entre Deus e todos os homens que aceitam a proposta de salvação trazida por Jesus Cristo. Aliança gravada no Espírito e selada com Seu próprio sangue.

A antiga aliança é a promessa; a nova aliança é a realização da antiga e da nova aliança. Significa que Jesus é o começo e o fim de todas as coisas. (o “Alfa” e o “Ômega” conforme Ap 1.8).

A Bíblia foi escrita por homens inspirados por Deus.

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para ensinar e para convencer, para corrigir e para educar na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e preparado para as boas obras”(2Tm3.16-17).

Como ler e entender a bíblia?

Para ler e entender a Bíblia é importante saber em que época foi escrito tal livro, com que objetivo e um pouco do autor. Porém, o mais importante é está em comunhão com Deus e orando por entendimento que vem dEle.

Um outro fator importante é saber um pouco dos costumes da época e se o livro está no AT ou no NT, pois não vivemos mais no tempo da Lei de Moisés e sim no tempo da Graça em Cristo Jesus.

“sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, e sim mediante a fé em Cristo Jesus, também temos crido em Cristo Jesus, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo e não por obras da lei, pois, por obras da lei, ninguém será justificado.” Gl 2.16

Ler também: Rm 3.21-26

Em todo o NT é comum vermos a palavra Graça, esta palavra significa bondade excepcional de Deus para com os seres humanos (como pecadores), para tornar possível o seu perdão e salvação (Misericórdia Imerecida).

“Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, pela graça sois salvos” Ef 2.4-5

Ler também: Jo 3.16

É importante destacar que a Bíblia não esconde os defeito dos seus heróis. Ela registra por exemplo, que Abraão mentiu, que Davi adulterou, que Pedro negou a Cristo. Em Rm 15.4, o apóstolo Paulo diz “...tudo que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito”, para nos prevenir e sabermos que o homem é falho(pecador) e só Deus é perfeito.

Plano de leitura:

È muito importante seguir uma seqüência de livros na leitura bíblica -Um plano de leitura. Partindo do ponto que você entendeu as lições anteriores, daí você já sabe que não vivemos mais na lei e sim na graça, sugerimos iniciarmos a leitura pelo NT, que é a orientação de prática e de fé do povo cristão:

1º) 1 João (4x): Ao iniciar por este livro você verá, em 5 capítulos, uma exposição sobre pecado, Cristo e salvação.

2°) Marcos (2X): É o evangelho mais antigo, provavelmente escrito para mostrar aos romanos, em uma linguagem simples e direta, a vida, obra, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

3°) Mateus (2X): É um livro escrito para instruir os judeus a cerca de Jesus Cristo. Com um texto de estrutura basicamente didática.

4°) Lucas (2X): É um livro de âmbito universal, que trata em proclamar, à todos, que Jesus é o messias que veio a dar cumprimento perfeito ao plano salvador, preparado por Deus antes de todos os tempos.

5°) Atos (2X): Escrito por Lucas, apresenta-se como continuação do livro de Lucas e mostra o início da propagação do cristianismo. Além das manifestações do Espírito santo no meio dos apóstolos (At 2.1-13). No entanto, Lucas mostra o apóstolo Paulo, um homem que foi capaz de renunciar a todo esquema religioso e privilégios da época, para proclamar o evangelho para quem quisesse escutá-lo. Paulo, torna-se o missionário que implanta as primeiras Igreja Cristã.

6°) João (2X): Este livro traz uma profunda reflexão acerca do Filho de Deus e do mistério da redenção que nEle nos tem sido revelado. A manifestação do amor de Deus para uma vida em comunhão com o Pai.

7º) Gálatas (2X): Uma preciosa fonte de informação sobre os primeiros passos do evangelho na Galácia, que era uma província do Império Romano(província pagã).

8º) Para as demais Cartas de Paulo, é importante seguir a ordem que foram escritas: 1 e 2 Tessalonicenses, 1 e 2 Corintios, Efésios, Colossenses, Filemon, Felipenses, 1 Timóteo, Tito , 2 Timóteo e Romanos (2X): Todas elas tem como finalidade orientação, à Igrejas ou à discípulos, sobre vida cristã.

9º) Tiago, 1 Pedro, Judas e 2 Pedro (2X): Todos eles são orientações universais para uma vida cristã.

10º) Hebreus(2X): Livro de caráter exortatório tem como objetivo proclamar a universal supremacia de Jesus Cristo (a Palavra de Deus encarnada). Fazendo um paralelo com o AT garante uma Aliança Nova e definitiva.

11º) 1, 2 e 3 João (2X): Um discurso teológico, uma orientação...

12º) Apocalipse: Vem do grego “apokálypsis” que significa “revelação”. Foi escrito por João em uma linguagem profética, diferenciada das profecias do AT. Proclama a esperança no Cristo ressuscitado, o Messias. Apocalipse revela o regresso do Cristo onde assinalará o princípio de um “novo céu e uma nova terra”(Ap 21.1), de uma nova criação e “a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor”(Ap 21.4).

LEITURA DO ANTIGO TESTAMENTO:

13°) Provérbios(Ler um capítulo por dia): “Provérbios de Salomão, filho de Davi, o rei de Israel. Para aprender a sabedoria e o ensino; para entender as palavra de inteligência; para obter o ensino do bom proceder, a justiça, o juízo e a equidade; para dar aos simples prudência e aos jovens, conhecimento e bom siso.” (Pv 1.1-4)

14º) Eclesiastes: Do grego “Ekklesía”que significa “Pregador”, trata de decifrar o enigma da existência e de penetrar no sentido de todas as coisas.

15º) Ao grupo dos cinco primeiros livros do AT, chama-se “O Pentateuco”. Escrito por Moisés, é uma alternância de seções narrativas com outras dedicadas a instruir o povo de Israel e a regulamentar a sua conduta pessoal, social e, principalmente, religiosa. Gênesis(História das origens e dos Patriarcas); Êxodo(Mostra como os Israelitas tornaram-se escravos no Egito e como foram libertados. A instituição da Páscoa, a Aliança de Deus no Monte Sinai e a construção do tabernáculo); Levíticos(Livro particular- mente, destinado aos filhos da tribo de Levi, que foram separados por por Deus para o ofício religioso); Números(Neste livro contém o primeiro recenseamento do povo de Israel, e um segundo recenseamento após guerra com os midianitas, na longa jornada rumo à Terra Prometida) e Deuteronômio(É uma re-afirmação da Lei ao povo que ia tomar posse da Terra Prometida).

16º) Após “O Pentateuco” encontram-se os livros denominados “Livros Históricos”. Proclamam histórias narradas e proféticas. Personagens como Josué, Samuel, Débora, Gideão, Saul, Davi e Salomão, principais protagonistas dos fatos registrados nestes livros, fazem parte do plano de salvação disposto por Deus em favor do ser humano. Josué(Narra a conquista de Canaã pelo povo de Israel); Juízes(Narra histórias de heróis que guiaram as tribos israelitas na luta para permanecerem nos territórios conquistados); Rute(Na violenta e agitada época dos Juízes de Israel, Rute apresenta-se como um canto à paz da vida no campo. Mostra a dificuldade da viuvez naquela época); 1 e 2 Samuel(Relata o final do Período dos Juízes e o início da Monarquia em Israel); 1 e 2 Reis(Segue a linhagem dos Reis até a divisão do reino em dois, Israel e Judá; o tempo do profeta Elias até a época que Jerusalém é destruída e seu povo levado cativo para a Babilônia).

1 e 2 Crônicas( Reproduz em sua maior parte os acontecimentos de Samuel e Reis, porém, de um ponto de vista que permitisse ao povo Judeu compreender melhor o passado, o presente e os orientar acerca do futuro da comunidade pós-exílica); Esdras(Descreve a volta do cativeiro babilônico); Neemias(Narrativa da reconstrução dos muros de Jerusalém) e Ester( Narra a intervenção de uma jovem judia, junto ao Rei Persa Assuero, que decretara a aniquilação do povo judeu).

17º) Jó: O primeiro dos cinco livros chamados “Sapienciais e Poéticos”. Não se conhece a identidade do seu autor nem em que época ele viveu. O livro conta o drama poético de Jó, um fazendeiro rico, integro, reto e temente a Deus(1.1). Jó é vítima de uma cadeia de desgraças que o deixa rapidamente numa condição miserável. Apesar de tudo ele confia em Deus e o bendiz(1.21).

18º) Salmos: Contém orações e cânticos produzidos por experiências religiosas do povo de Deus. Jesus Cristo utilizou os salmos durante seu ministério, como podemos ver em Mt 27.46 (Sl 91.11-12), Mt 5.7 (Sl 18.25), Mt 5.35 (Sl 48.2), além de outras passagens.

19º) Cântico dos Cânticos: É um poema distribuído em estrofes, nas quais, alternadamente, dois namorados manifestam os seus recíprocos sentimentos numa linguagem apaixonada, de alto nível literário, tudo enfeitado com símiles e metáforas. O Judaísmo o interpreta como uma exaltação alegórica da aliança de Javé (Deus) com Israel. A sociedade israelita bailavam e cantavam durante os sete dias dos alegres festejos nupciais (Gn 29.27-28; Jz 14.10,17). Enfim, este livro mostra claramente que homem e mulher se completam.

20º) “Livros Proféticos”: Profeta é especialmente alguém a quem Deus escolhe e envia como seu porta-voz, diante de uma ou mais pessoas. Não se trata de adivinhos, magos ou astrólogos prevendo acontecimentos futuros, mas de mensageiros de Deus proclamando momentos históricos. Para se compreender o profundo sentido da palavra de Deus transmitida pelos profetas, deve-se prestar atenção ao contexto histórico em que foi originalmente proclamado. Jesus conhecia os valores e dificuldades do profetismo de Israel, por isso deu testemunho dos profetas. E em Jesus se cumpriram todas as profecias a respeito de sua primeira vinda. Outro fato importante para o entendimento destes livros, é observar se ele foi escrito antes, durante ou depois do exílio na Babilônia.

Siga a sequência, lendo primeiro os livros Pré-exílicos, depois os Exílicos e por ultimo os Pós-exílicos.

Pré-exílicos

Exílicos

Pós-Exílicos

Isaías

Jeremias

Lamentações

Oséias

Joel

Amós

Jonas

Miqueias

Naum

Habacuque

Sofonias

Ezequiel

Daniel

Obadias

Ageu

Zacarias

Malaquias

“O Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele, iluminando os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento” Ef1.17-18

Shalom,



2 comentários:

CONTEXTO EVANGÉLICO disse...

http://npedros.blogspot.com/

CONTEXTO EVANGÉLICO disse...

http://npedros.blogspot.com/